Archive for the ‘Blog’ Category

posted by | on Blog | No comments

Fez, na passada sexta-feira, 3 de janeiro, 12 anos que abrimos, pela primeira vez, as portas da loja de Lamaçães, a nossa primeira loja.

Parabéns, Dona Sebenta!
12 anos!
Há 12 anos que ajudamos, explicamos, estudamos, aprendemos, apoiamos, orientamos… centenas de alunos em cada ano letivo.
Em contraciclo, este ano estamos a trabalhar em grande.
Que orgulho na nossa equipa!

posted by | on Blog, Desafios | 1 comment

1. Há 25 quadrados 1×1, 16 quadrados 2×2, 9 quadrados 3×3, 4 quadrados 4×4 e 1 quadrado 5×5, no total de 55 quadrados.

2. 91 quadrados. 30 quadrados.

3. Sendo n o número de quadrados pequenos do lado, então total=\sum_{i=1}^{n}i^{2}

posted by | on Blog, Desafios | No comments

1. Quantos quadrados há nesta imagem?

2. E se o tamanho do quadrado for de 6×6? E se for de 4×4?

3. Como se pode escrever de forma genérica o total de quadrados dependendo do tamanho do lado?

posted by | on Blog, Desafios | No comments

Um sonho.

posted by | on Blog | No comments

Ufa! Depois de um longo e árduo período, eis que uma grande maioria dos alunos desta “Augusta” cidade se encontra, atrevo-me a dizer, finalmente de férias. Férias justas e merecidas para quem nestes últimos 3 meses se esforçou por corresponder ao que se lhe era exigido. Nem sempre estes objetivos foram atingidos, mas em algumas (boas!) situações até foram superados. Também aos restantes agentes educativos (professores, funcionários e outros) lhes espera uma quadra festiva e, espera-se, uma época onde possam recuperar energias para o resto do difícil e exigente ano letivo que os espera. Embora ainda com bastante trabalho para fazer nestes próximos dias, pode-se falar já numa descompressão, num profundo expirar de dever cumprido e de alívio.

Para nós não há férias… ou pelo menos não no sentido mais usual destas situações. Continuamos de portas abertas (exceto nos feriados, claro, e nos dias 24 e 31 de dezembro), a ajudar quem nos procurar e a prepararmo-nos para o resto do ano escolar. Vamos continuar com o trabalho que desenvolvemos com os diferentes alunos e aproveitar esta altura para cimentar conceitos e noções importantes no futuro. Vamos continuar a fazer o que fazemos melhor: realmente ajudar a nível escolar. Estamos com força e vontade de continuar!

Agora deixamos aqui alguns locais onde haverá atividades de ocupação de tempos livres: Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Museu Nogueira da Silva, Só Cenas Teatro, Centro Hípico de Braga e outros.

Boas férias e até já!

posted by | on Blog | No comments

Com o final do ano chegam as reflexões sobre os últimos meses. É tempo de fazer o percurso mental do trilho que a vida nos traçou, de repensar as opções tomadas ao longo desse caminho, de nos alegrarmos, resignarmos, entristecermos, … É tempo de passar mais tempo com a família, com os amigos, lembrarmo-nos dos que partiram… É tempo de pensar o amanhã, fazerem-se promessas, formular desejos, criar expetativas, de sonhar… É tempo do amor e da saudade! Que este tempo seja o melhor que desejam!

Feliz Natal e um excelente 2014 são os desejos dos professores da Dona Sebenta!

posted by | on Blog, Desafios | No comments

E agora uma pequena adivinha, alinham? Cá vai:

Se você olhar, não me pode ver.
Se você me vir, não pode ver mais nada.
Eu posso fazê-lo andar se você não puder.
Às vezes eu falo a verdade
E às vezes eu minto.

O que sou eu?

Pode consultar pistas abaixo, mas tente primeiro sem elas.

Pista 1

 

Sou “eu” algo tangível, que pode ser sentido ou tocado? Não.


Pista 2

 

É algo que acontece em alturas específicas? Sim.

posted by | on Blog, Desafios | No comments

A opção “C” é a resposta correta: três afirmações são falsas.

Uma vez que cada declaração conclui que há um número diferente de declarações falsas, isso comprova que apenas uma instrução pode ser correta (daí, o objetivo é decidir qual afirmação é verdadeira). Dado que uma declaração é verdadeira, por definição, as outras três devem ser falsas!

posted by | on Blog, Desafios | No comments

Propomos mais um desafio simples de lógica:

A. O número de declarações falsas aqui é uma.
B. O número de declarações falsas aqui são duas.
C. O número de declarações falsas aqui são três.
D. O número de declarações falsas aqui são quatro.

Qual das afirmações acima é verdadeira?

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

Enunciado

A queda de um corpo abandonado, próximo da superfície terrestre, foi um dos primeiros movimentos que os sábios da Antiguidade tentaram explicar. Mas só Galileu, já no séc. XVII, estudou experimentalmente o movimento de queda dos graves e o lançamento de projéteis.

Observe com atenção a figura abaixo, que mostra uma esfera a cair em duas situações:

Exercício resolvido Salto para a piscina Dona Sebenta

Na situação I, a esfera, inicialmente em repouso, é colocada no ponto A, deslizando sem atrito sobre a calha, até ao ponto B. No ponto B, abandona a calha, descrevendo um arco de parábola até ao ponto C.

Na situação II, a esfera é abandonada no ponto E, caindo na vertical da mesma altura, h.

Em qualquer das situações, considere o sistema de eixos de referência representado na figura, com origem no solo, desprezando o efeito da resistência do ar.

Considere a situação I representada na figura acima.

Determine a altura H, considerando que as distâncias BD e DC são iguais a 20,0 m.

Apresente todas as etapas de resolução.

Exame Nacional 2007 – 1.ª fase

Resolução:

Dados:

Alcance (x) = 20,0 m
Altura inicial do movimento de queda (y0) = 20,0 m
V0y = 0 m/s (a componente vertical da velocidade é nula no início do lançamento, pois este é realizado na horizontal)
a = -g = -10,0 ms-2 ( a força resultante é a força gravítica o que implica que a aceleração do movimento é a aceleração gravítica, o sinal indica que o vetor aceleração tem sentido descendente).
V0x = ?
No solo: Y =0,00 m

1.ª parte:

Equação do movimento:

Y = Y_{0} + V_{0y}t + \frac{1}{2} at^{2}

Y=Y_{0}-\frac{1}{2}gt^{2}

Y=20,0-\frac{1}{2}(10,0)t^{2}

Determinação do tempo de vôo:

0 = 20,0 – 5,0t2
t = 2,00 s

Determinação da velocidade com que a esfera abandona a calha:

Equação do movimento (movimento retilíneo uniforme):

X = X0 + V0xt

Substituindo pelos dados e pelo tempo de vôo:
20,0 = 0 + V0x (2,00)
V0x = 10 ms-1

2ªparte

Na calha não atuam forças não conservativas, logo podemos afirmar que existe conservação da Energia mecânica:

ΔEm = 0 J, então
EmA = EmB

Como no ponto A a velocidade é nula, nesse ponto a energia está sob a forma potencial gravítica.
No ponto B, a altura é nula, portanto, a energia está sob a forma de energia cinética, então podemos escrever:

Ep_{A} = Ec_{B}

mgh_A=\frac{1}{2}mv_{B}^{2}

h=\frac{v_{B}^{2}}{2g}

 

Substituindo:  h=\frac{10^{2}}{2\times10}=5\: m

UA-30127866-1