As últimas publicações

posted by | on Blog, Desafios | No comments

O leiteiro enche o jarro de três litros e, em seguida, esvazia o conteúdo no jarro de cinco litros. Ele, então, enche o jarro de três litros de novo, e continua a encher o jarro de cinco litros até este estar cheio. O restante do leite no jarro três litros é precisamente um litro.

Tabela periódica

Dez
2013
05

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

tabela periódica Dona Sebenta

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

Exames Nacionais do Ensino Secundário

Familiarização com o formulário do exame nacional de Física e Química A

Tabela de Constantes

Velocidade de propagação da luz no vácuo c = 3,00 × 108 m s-1
Módulo da aceleração gravítica de um corpo junto à superfície da Terra g = 10 m s-2
Constante de Gravitação Universal G = 6,67 × 10-11 N m2 kg-2
Constante de Avogadro NA = 6,02 × 1023  mol-1
Constante de Stefan-Boltzmann v = 5,67 × 10-8 W m-2 K-4
Produto iónico da água (a 25 °C) Kw = 1,00 × 10-14
Volume molar de um gás (PTN) Vm = 22,4 dm3 mol-1

posted by | on Blog | No comments

No início do transato mês de novembro, distribuímos em cerca de 30 000 caixas de correio os panfletos publicitários deste ano dos nossos serviços, indo ao encontro do que tem sido normal nos últimos anos. Estes atrativos flyers foram produzidos e distribuídos pela empresa CODIGODEBARRAS.

folheto A5 2013 Dona Sebenta

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

Múltiplos e Submúltiplos Decimais das Unidades SI

Além das unidades de base existem os seus múltiplos e submúltiplos, cujos nomes são formados a partir de um conjunto padrão de prefixos, associados a potências de base dez, como se mostra na tabela.

Prefixo Abreviatura

Fator pelo qual a unidade é multiplicada

tera T 1012 1 000 000 000 000
giga G 109 1 000 000 000
mega M 106 1 000 000
quilo k 103 1 000
hecto h 102 1 00
deca da 101 10
deci d 10-1 0,1
centi c 10-2 0,01
mili m 10-3 0,001
micro μ 10-6 0,00 0001
nano n 10-9 0,00 000 0001
pico p 10-12 0,00 000 000 0001

Tabela: Múltiplos e Submúltiplos decimais SI

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

Introdução

A observação de um fenómeno é incompleta quando dela não resultar uma informação quantitativa. Medir é um processo que nos permite atribuir um número a uma grandeza física como resultado de comparação entre quantidades semelhantes. Uma dessas quantidades é padronizada e adotada como unidade da grandeza em questão.

Sistema Métrico

Durante muito tempo, cada região, possuía os seus próprios padrões de medida. No entanto, com o desenvolvimento do comércio e da indústria, tornou-se necessário adotar um  padrão de medida único para cada grandeza, de maneira a simplificar as trocas de informação e as negociações, para tal, foi adotado um sistema de medição internacional decimalizado – o sistema métrico.

Desde os anos 1960, o Sistema Internacional de Unidades (sigla “SI”) foi reconhecido internacionalmente como sistema métrico padrão.

Sistema Internacional de Unidades

É um sistema de unidades de medida concebido em torno de sete unidades que não são derivadas de outras e dizem-se, por isso, fundamentais.

Grandeza

Unidade

Abreviatura
Comprimento

metro

m

Massa

quilograma

kg

Tempo

segundo

s

Temperatura

kelvin

K

Quantidade de substância

mole

mol

Intensidade da Corrente Elétrica

ampére

A

Intensidade luminosa

candela

cd

Tabela: grandezas e unidades fundamentais do Sistema Internacional

posted by | on Blog, Física e Química A | No comments

Inauguramos agora um espaço onde pretendemos colocar várias informações sobre estas disciplinas (Física e Química A), particularmente exercícios resolvidos relacionados com matérias que estão no momento a ser lecionadas na generalidade dos estabelecimentos escolares.

Começamos então por divulgar os conteúdos programáticos de Física e Química A do 10.º ano (ou 11.º ano) e Física e Química A do 11.º ano (ou 12.º ano).

Bom trabalho!

posted by | on Blog, Desafios | No comments

Agora propomos um desafio mais simples, um tradicional desafio de lógica.

Um leiteiro tem dois jarros vazios: um jarro de três litros e um jarro de cinco litros. Como pode ele medir exatamente um litro sem perder leite?

posted by | on Blog, Desafios | No comments

Um quadrado grande com n quadrados pequenos de cada lado tem n quadrados em cada diagonal.
Se n é par não há quadrados comuns às duas diagonais e o número total de quadrados nas diagonais é n + n = 2n, um número par.
Se n é ímpar, então há um quadrado comum às duas diagonais e o número total de quadrados nas diagonais é n + n − 1 = 2n − 1, um número ímpar.

1. Uma vez que pintou 101 quadrados de preto, o quadrado grande tem de ter um número ímpar de quadrados de lado. Assim, temos 2n − 1 = 101, donde obtemos n = 51, o que significa que o quadrado grande tem 51 quadrados pequenos de lado. No total, o quadrado grande é formado por 51 x 51 = 2601 quadrados pequenos.
Como dos 2601 quadrados pequenos 101 estão pintados de preto, então existem 2601 – 101 = 2500 quadrados brancos.

2. Usando o mesmo raciocínio, constata-se que o quadrado grande tem 100 quadrados pequenos de lado, num total de 10000. Assim, teria 9800 quadrados brancos.

3. Pelas amostras anteriores, pode-se rapidamente concluir que são os quadrados brancos.

4. Neste caso não haveria diferença entre um número par ou ímpar de quadrados pequenos de lado e o número de quadrados pretos seria sempre igual ao número de quadrados de lado.

posted by | on Blog | No comments

A Dona Sebenta precisa de explicadores para as disciplinas de Resistência de Materiais e para Controlo e Sistemas de Processos do curso do curso de Engenharia e Gestão Industrial, na Universidade Lusíada de Famalicão.

As explicações terão que decorrer na Dona Sebenta de São Vicente.

É possível consultar material das cadeiras aquiaqui, aqui e aqui.

Enviar resposta para:

informacoes@donasebenta.com

914096618

Dona Sebenta de Lamaçães: 914842839 ou 253257944

Dona Sebenta de São Vicente: 918992672 ou 253098210

Muito obrigado.

UA-30127866-1