Categorias
Blog Desafios

Solução do desafio 8 – O calculista

Beremiz depois de meditar em silêncio durante dois ou três minutos, respondeu:
– A divisão dos 21 vasos, que acabais de apresentar, ó xeque, poderá ser feita sem grandes cálculos. Vou indicar a solução que me parece mais simples.
Ao primeiro sócio caberão:

  • 3 vasos cheios;
  • 1 meio cheio;
  • 3 vazios.

Receberá, desse modo, um total de 7 vasos. Ao segundo sócio caberão:

  • 2 vasos cheios;
  • 3 meio cheios;
  • 2 vazios.

Este receberá também 7 vasos. A cota que tocará ao terceiro sócio será igual à do segundo, isto é:

  • 2 vasos cheios;
  • 3 meio cheios;
  • 2 vazios.

Segundo a partilha que acabo de indicar, cada sócio receberá 7 vasos e a mesma porção de vinho. Com efeito. Chamemos 2 (dois) a porção de vinho de um vaso cheio, e 1 a porção de vinho do vaso meio vazio.
O primeiro sócio de acordo com a partilha, receberá:

2 + 2 + 2 + 1

E essa soma é igual a 7 unidades de vinho. E cada um dos outros dois sócios receberá:

2 + 2 + 1 + 1 + 1

E essa soma é também igual a 7 unidades de vinho. E isso vem provar que a divisão por mim sugerida é certa e justa. O problema que na aparência é complicado, não oferece a menor dificuldade quando resolvido numericamente.

A solução apresentada por Beremiz foi recebida com muito agrado, não só pelo xeque, como também pelos seus amigos damascenos.

– Por Allah! – exclamou o jovem da esmeralda. – Esse calculista é prodigioso! Resolveu de improviso um problema que nos parecia dificílimo.

Solução do desafio 8 - O calculista Dona Sebenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.